Campeonato de Longboard é realizado em Criciúma




O 1° Campeonato Longboard Let’s Drop no bairro Jardim Angélica, em Criciúma, reuniu adeptos do esporte. O evento contou com 53 participantes vindo de várias regiões do sul do Brasil, sendo que pelo menos três dos inscritos competem em torneios nacionais.
“São cinco categorias diferentes: Speed Open, Speed Master e Iniciante, Melhor Linha, Maior Slide e Best Trick. Tem competidores de várias idades e de ambos os sexos”, explicou o organizador do evento, Douglas Melo Fernandes.
Durante todo o domingo (1º) o tempo ficou instável com pancadas de chuva afastando o público e diminuindo o número de competidores. “Nós esperávamos que viessem mais pessoas, tanto para prestigiar o campeonato quanto para disputá-lo. Mas infelizmente a chuva nos atrapalhou”, lamentou Fernandes.
Porém, teve quem viu o mau tempo como algo bom. “Este é o segundo evento que eu disputo, vou competir nas categorias Melhor Linha e Best Trick. É importante competir nessas condições também para que eu consiga ir além neste esporte. A chuva faz com que deslize muito mais dificultando as manobras”, argumentou Carlos Henrique Livramento, que há três anos trocou o skate pelo longboard, após ver algumas pessoas praticando.

Mais um evento que nem a chuva cancelou, neste final de semana rolou o 1º Longboard Let's Drop, no bairro Jardim Angé...
Posted by Rock City Inc. on Terça, 3 de novembro de 2015
O campeonato além de promover o esporte, também mostrou seu lado beneficente. Os competidores além de terem que pagar uma taxa de inscrição no valor de R$ 20,00, tiveram que levar um quilo de alimento ou doar um ticket de R$ 5,00 para serem destinados as vítimas das enchentes do oeste catarinense.
O evento teve como premiação medalhas de 1°, 2° e 3° colocado, troféu ao vencedor, além de mais de R$ 6.000,00 em prêmios como peças de longboard (shapes, rodas, rolamento, entre outas minorias), camisetas e tênis.
Após a competição teve shows de cinco bandas regionais: Outside, Família ZL, A.B.R. (A Banca Rap), Vira Latas e Acústico Raiz. O evento contou também com sorteio de brindes, praça de alimentação e uma estrutura coberta para o público.
“Eu vim para prestigiar o evento, estou gostando muito. Eu pratico Skate Vertical, já tentei andar de longboard, mas não me adaptei”, comentou o eletricista Rodrigo Guigo.
O organizar da competição já faz planos para 2016. “Esta é apenas a primeira edição. Eu não pretendo parar por aqui, ano que vem vamos realizar mais cinco campeonatos”, planejou.
Fonte: SATC - Associação Beneficente da Indústria Carbonífera de Santa Catarina e Douglas Melo Fernandes 

Comentários