Pedro Barros vence o Vans Park Series de Floripa



Após as qualificatórias que aconteceram na sexta-feira (veja aqui), na tarde deste sábado (11) aconteceram as semifinais e finais da etapa de Florianópolis do Vans Park Series Global, na Pista de Skate da Costeira.

Antes das disputas do dia começarem, cinco brasileiros estavam na disputa: Pedro Barros (convidado), Miguel Oliveira, Vi Kakinho, Lucas Xaparral e Hericles Fagundes.

O clima muito agradável da Ilha da Magia, juntamente com o público presente, dava o tom do evento. Steve Van Doren (criador da marca calfforniana) também estava presente desde o reconhecimento de pista na quinta-feira (09). A mídia nacional e internacional também estava presente e, à partir das 12:00, tudo estava pronto para o início das semifinais, que foram transmitidas por webcast pela Vans. Durante as semifinais os brasileiros que se destacaram foram Pedro Barros, Vi Kakinho e o curitibano Miguel de Oliveira de apenas 16 anos.

Kakinho já havia feito uma volta muito boa e sua nota garantia a terceira colocação e a passagem para a final, atrás apenas de Pedro e de Ivan Federico, respectivamente.  A final seria composta então por Federico, Barros, Kakinho, Rennie, Sorgente, Schaar, Kowalski e Fardel. Entretanto, durante sua penúltima volta, Kakinho acabou machucando o ombro numa queda e, infelizmente, teve de ficar de fora das disputas da final. Em seu lugar entrou Miguel Oliveira que se destacou durante a semis, mas havia terminado em 9º. Com o resultado da lesão de Vi, Pedro e Miguel eram os únicos brasileiros na final.

A final foi um show à parte de todos os 8 skatistas que lá estavam. Apenas uma nota das 4 valeria, diferentemente das qualificatórias onde as 4 contavam, além de rebate para o skatistas que errasse a primeira manobra.

O italiano Federico ia liderando a final com uma linha consistente e Pedro parecia não encaixar a linha que ele queria. Porém, na quarta e última volta as coisas foram diferentes. Pedro entrou na pista antes de Federico e imprimiu uma volta muito fluida, com manobras fortes e muita velocidade.




Ao final de sua volta, o público presente vibrou como não havia vibrado em nenhum momento do evento. O telão mostrou a nota de Pedro Barros após alguns segundos: 89,65 e o primeiro lugar. Mas Federico ainda tinha sua última volta e após ela seria conhecido o campeão. Ivan entrou na pista e tentou incluir um disaster em seu flip melon que ele já havia acertado nas voltas anteriores, entretanto com o "hang up" o italiano acabou caindo cedo em sua última volta deixando o título nas mãos do brasileiro.

O resultado foi Pedro Barros campeão do evento e invasão da pista pelo público que correu para abraçar o brasileiro. Na terceira colocação ficou Kevin Kowalski, seguido por Cory Juneau e por Miguel Oliveira, que terminou em 5º e mostrar maturidade suficiente para entrar na pista e fazer bonito ao lado de grandes nomes do skate mundial.

Assista a volta vencedora de Pedro Barros:



Veja fotos de Jovani Prochnov. http://cemporcentoskate.com.br/fiksperto/pedro-barros-vence-o-vans-park-series-de-floripa

Resultado:
1º - Pedro Barros
2º - Ivan Federico
3º - Kevin Kowalski
4º - Miguel Oliveira
5º - Tom Schaar
6º - Alex Sorgente
7º - Jack Fardell
8º - Tristan Rennie

Os cinco melhores Challengers entre os homens nas etapas classificatórias encontrarão os 15 skatistas convidados em Malmö, na Suécia, para o o primeiro o evento sancionado pela ISF (Federação Internacional de Skateboarding) da modalidade Park, o Vans Park Series World Championships. Para o Campeonato Mundial Vans Park Series em Malmö, a Vans irá construir o primeiro skatepark do mundo que seguem as especificações da modalidade. A pista será um legado para a modalidade e a Vans doará a pista para a comunidade de Malmö, Suécia, apoiando a evolução do skate na cidade através de programações e atividades com novos skatistas.

Veja depoimento de Steve Vand Doren:



Ranking Vans Park Series Challenger

1º – Tom Schaar
2º – Alex Sorgente
3º – Ivan Federico
4º – Cory Juneau
5º – Miguel Oliveira


Fonte: Armen Pamboukdjian e Revista CemporcentoSKATE

Comentários