Paul Rodriguez vence a SLS em Munique



Uma conquista improvável de Paul Rodriguez!

É o que imaginavam todos aqueles que assistiam a etapa de Munique (Alemanha) da Street League Skateboarding, realizada neste sábado (02), na Arena Olímpica da cidade. Mas, quando você tem muitos bons skatistas juntos, é muito díficil fazer uma previsão de quem sairá vitorioso.

O evento começou com as preliminares, na qual saíram os 8 classificados para a final, dos quais três eram brasileiros. Se classificaram, na seguinte ordem, os skatistas: Shane O'neill, Nyjah Huston, Tom Asta, Tiago Lemos, Ryan Decenzo, Carlos Ribeiro, Luan de Oliveira e Paul Rodriguez.

Após o intervalo de pouco mais de 2 horas, a final teve início com a disputa de duas voltas de 45 segundos, seguidas por 5 tentativas de Best Trick para cada um dos skatistas. As 4 melhores notas seriam válidas para a somatória final.

Assim que o sistema de voltas começou, Asta, Huston e O'neill começaram a dominar e foram pro Best Trick liderando. Luan foi o único dos brasileiros que desempenhou melhor nas voltas. Tiago Lemos não estava acertando suas manobras, assim como Carlos Ribeiro, Paul Rodriguez e Decenzo. Mas na hora do Best Trick as coisas mudaram no topo da lista.

Shane não estava conseguindo colocar suas manobras como queria e parecia que a pressão por passar em primeiro havia recaído sobre ele. Asta continuava regular, assim como Luan e Nyjah. Paul Rodriguez, que há muito não vencia uma etapa da Street League, chegou ao Best Trick em sexto e logo em sua primeira manobra recebeu uma nota 9,3 dos juizes com um crooked nollie heelflip out.

Ao final das primeiras tentativas do Best Trick, Huston liderava, seguido por Asta, Luan, Rodriguez, Shane, Decenzo, Ribeiro e Tiago devido às somatórias. Em sua segunda tentativa do Best Trick, Paul voltou um switch backside kickflip descendo a escada, o que lhe rendeu mais um 8,7. As coisas iam bem, mas o americano errou sua terceira tentativa. Mas as coisas realmente mudaram na quarta tentativa, quando Rodriguez recebe mais uma nota 8.7, desta vez com um switch flip backside nosegrind perfeito na hubba. Enquanto isso, o novato Tiago Lemos desperdiçou algumas tentativas de um fakie crooked na hubba, que posteriormente ele acabou voltando. O local de jaguariúna passou suas tentativas restantes insistindo em um nollie nosegrind alto e dficílimo na trave da hubba. Mas em sua última tentativa ele voltou a manobra e recebeu um 8,8 que garantiu a sua ótima quinta colocação no evento.




Asta e O'neill, que foram tão bem durante toda a disputa, não se encontraram na seção do Bet Trick. Shane não voltou seu switch 360º double flip na escada, que poderiam lhe colocar ao menos no pódio, terminando na sexta posição. Tom também errou bastante, ficando fora do pódio, com a quarta colocação. O brasileiro Carlos Ribeiro e o americano Ryan Decenzo também não se destacaram e ficaram na penúltima e última colocação, respectivamente.

Luan de Oliveira voava para fora da área de disputa utilizando uma das rampas retas e recebeu um 8 por um frontside flip. O público presente vaiou a nota. Em sua última tentativa, Luan precisava de um 10 para alcançar Rodrigues. O gaucho voltou um hardflip pra fora da área de disputas, mais uma vez, que terminou com um abraço no segurança, e recebeu um 8.7 que lhe rendeu a segunda colocação do evento. Mais uma vez os juizes foram vaiados pela nota em uníssono pelo público presente em Munique.

Nyjah Huston, que estava tentando voar da rampa e cair na trave reta e extensa com um fronstide smith, não voltou sua manobra. Inclusive, em suas duas últimas tentativas ele caiu de forma estabanada, quase se machucando ao abraçar o trilho e o terceiro lugar, muito por conta de suas notas da Run Section, completando o pódio.

Em sua quinta e última manobra, Paul Rodriguez manda um grind e tenta sair de flip, recebe uma nota baixa, mas que em nada influencia em sua conquista. Time da Nike no pódio e vitória incontestável de Paul Rodriguez, que há tempos não vencia uma etapa da milionária liga de skateboarding americana.

Fato negativo: Ao final, na hora da premiação, a organização fez uma lambança e entregou equivocadamente o troféu de terceiro lugar para Luan e o de vice para Huston.

Assista algumas das manobras que deram o título a Paul Rodriguez, abaixo:







Confira os resultados finais:

1. Paul Rodriguez – 34.0
2. Luan Oliveira – 32.7
3. Nyjah Huston – 32.1
4. Tom Asta – 30.4
5. Tiago Lemos – 27.2
6. Shane O’Neill – 24.9
7. Carlos Ribeiro – 22.7
8. Ryan Decenzo – 21.1



Fonte: Revista CemporcentoSKATE

Comentários